segunda-feira, 1 de junho de 2009

Você sabe que está ficando coroa quando...


... vê que está cada vez mais caseiro;
... não troca nenhum programa diferente e bacana por sua sacrossanta noite de sono;
... tem a sensação cada vez mais forte que o mundo está sendo dominado pelos jovens;
... tem pânico de se agachar, mas se for mesmo preciso, faz uma estratégia mental pra descer e subir com sucesso;
... se emociona mais facilmente;
... sua listinha de remédios diários está só aumentando;
... sabe na ponta da língua a diferença realista entre supérfluo e gênero de primeira necessidade;
... sente a maior aflição ao ver a magreza das modelos na passarela;
... se irrita com os hit's musicais do momento;
... vê perigo em tudo;
... a tônica do seu papo são seus grandes feitos do passado;
... as dores pelo corpo afora, tem sido companheiras cada vez mais fiéis;
... seu maior sonho é fazer um cruzeiro;
... conta uma piada e percebe que os mais jovens estão ruborizados ou abandonando o recinto;
... começa a desenvolver a maior neura com a saúde e fica enlouquecido pra entrar numa academia, comer alimentos mais naturais, tentando compensar os abusos da juventude;
... não entende como pode haver pessoas que gostam de esportes radicais;
... o máximo de adrenalina que se permite é assistir a um filme de suspense, ler um livro de aventura ou passar a 5ª marcha do carro;
... passa a admirar e até a invejar a disposição dos jovens pro topa-tudo;
... de vez em quando se pega falando "porque no meu tempo era assim...";
... enche a boca pra dizer que detesta computador;
... acha um absurdo a escrita moderna dos jovens (naum, msg, sdd, vc, tb, fds, valew);
... insiste em usar camisa de malha com a manga (que já é curta) dobradinha, achando que isso ainda é usual;
... adora programas do tipo "revival";
... conhece bem o significado de expressões como 'reacionário', 'subversivo' ou 'fulano é um pão';
... critica tudo que os mais jovens fazem, com a certeza de que você faria muito melhor;
... não perde nenhum musical de fim de ano na tv do Roberto Carlos;
... exerce muito mais o papel de conselheiro do que de aconselhado;
... seu bichinho de estimação é uma ave;
... cogita a possibilidade de ir passar as próximas férias em Caldas Novas;
... sente uma atração irresistível com a ideia de cultivar sua própria horta;
... não sabe manusear nenhum gadget ou, pior ainda, nem sabe o que é gadget! (Disfarça e vai ali no Google dar uma pesquisada);
... conversa, debate, fica intrigado e até escreve sobre o tema!

4 comentários:

  1. Oi, Katia
    Obrigado pela visita constante ao 'sobretudo'. Bacana seu blog, estarei aqui mais vezes.
    bjos,
    valmir

    ResponderExcluir
  2. Menina...
    Estou numa luta constante contra o envelhecimento. Minha mente continua lúcida e rápida... Mas minhas pernas nem tanto.
    Antes eu subia em tudo... Até surfar em ônibus, vcs sabem, já fiz!
    Mas outro dia...Levando alunos para o Beto Carrero... "Profi Vamos na montanha russa...radical..demais...vamo profi...bóra...vai ser demais..."
    Eu...Sentadinha comendo uma maçã do amor no banco, comendo uma pipoca, "firmando a vista" pra ver se identificava um dos meus pequenos, pensava:
    Quando foi que isso começou a me dar medo...
    Tentei me lembrar onde esqueci minha coragem e disposição.
    Acho que foi no mesmo lugar onde encontrei a prudência.

    Bom...O tempo passa mesmo... Só não gostaria de perder o meu humor...
    Ui...Tão ruim ser "A velha Aborrecida" como fez um aluno meu...Sátira da Bela Adormecida.

    A velha era tão chata que contrataram um príncipe para beija-la. Ela dormiu e nunca mais incomodou ninguém.
    hehe

    ResponderExcluir
  3. Olha, sei que o comentário que vou fazer será hiper polêmico! Sei que serei esquartejado e jogado no formigueiro igual ao negrinho do pastoreiro kkkk, mas vou falar!

    Eu detesto fazer aniversáriooooooooo! Kkkkk E sinceramente ninguém até agora conseguiu me provar qual o benefício disso kkkkkk. Só se a cada ano que passasse a gente ficasse mais novo, mais bonito, mais saudável, mais animado... rsrsrs. Primeiro a musiquinha que é ridículaaaaaaa kkkk! Ainda mais completada com o “com quem seráaaaaaaaaaa” kkkk. Pode reparar que numa festa de aniversário tem sempre alguém cantando essa musiquinha com cara de constrangido kkkkk.

    Ce sabia que bolo de aniversário é um dos maiores ninhos de bactérias que existem? Quem disse isso foi o doutor Bactéria, do Fantástico kkkkk. Se todo mundo pudesse ver a porção de microorganismos que saem da boca do povo quando estão cantando parabéns quase encima do bolo (imagine aquele povo que conversa cuspindo.. não cai cuspe no bolo?) kkkkkkk... com as palmas elas se espalham mais ainda... suor, gente suada, cabelos balançando, sem contar que sempre tem um menino da pá virada que enfia o dedo no bolo, cospe nele escondido kkkkkkkkkkkkkkkkk. E, para completar, tem sempre quem leva os restos pra casa e deixa na geladeira uma semana, vai comendo aos pouquinhos kkkk... Com as mudanças de temperatura e de ambientes, mais e mais bactérias se proliferam kkkkk.

    Aniversário não é data para comemorar, é data para lamentar kkk! Raciocine comigo: a cada aniversário estou mais próximo da morte ou não? E quem quer morrer? Kkkkk. Estou ficando com mais saúde ou menos? Estou ficando mais feio ou mais bonito? Kkkkkk Esse negócio de amar comemorar aniversário é até os 15 anos, porque depois disso já vem a neura de estar chegando aos vinte, e aos trinta e... aiaiai depois que entramos nos enta (quareENTA, cinqüENTA, sessENTA, setENTA, oitENTA, novENTA....) só saímos no cem (heim?) kkk eim? Kkkkkkk

    Eu acharia muito mais confortante se, ao invés de me dizerem: feliz aniversário e parabéns por mais um ano de vida, me dissessem: “olha, não liga, todo mundo passa por isso! Aquela gatinha da sua juventude também não é mais gatinha, e o cara que concorria com você por ela já ta careca e barrigudo! E olhe pelo lado bom, você está mais próximo da volta de Jesus. Kkkkk”. Isso sim é uma vantagem real de se fazer aniversário né kkkkk.

    Pense bem: é como se você estivesse dentro de um barco, indo para uma cachoeira com queda de 1000 metros de altura e dissesse a cada metro percorrido: que legal, estou um metro mais próximo da queda na cachoeira, vivaaaaaaaa! Ahhh, faça-me um favor né kkkk!

    Tudo bem! Quem quiser sublimar e dizer coisas do tipo: ahhh, mas cada ano de vida a mais nessa terra é um presente... Que diga! Agora vou dizer a coisa mais chocante desse comentário. Quem tiver estômago, fique e leia, que não tiver kkkkkkkk fique a vontade kkkk.

    A velhice me assusta infinitamente mais que a morte! Kkkk Pronto! Falei! Kkkkk Irmãos, orem por mim! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Tchau!

    ResponderExcluir
  4. Vannia Dall'Onder!11 de junho de 2009 14:11

    Está excelente seu blog katia!!!
    Gosteiiii!!!
    Como admiro sua inteligência, sua criatividade,
    seu humor pra lá de bom...Eu vou passar sempre por aqui...kkkkk

    Muito engraçado o comentário do Cris!! kkkkkk
    Dificil não lembrar desse relato ao comer um bolo de aniversário..kkkkkkkkkkkkkkkk

    Felicidades pra vc querida!

    Bjooo!!!

    ResponderExcluir